domingo, 5 de agosto de 2018

Folia de reis

Embora muitos creiam que essa tradição teria surgido em Portugal, na verdade veio da Espanha. Tanto que na tradução para o espanhol, é um baile popular de caráter cheio de movimento e alegre. Ela também pode ser chamada de jornada de reis.
Basicamente é uma tradição católica feita para comemorar a vinda dos reis magos (Melchior, Balthazar e Gaspar) e o anúncio da chegada do Messias. Os três personagens passaram a ser considerados santos, para meados do século XVI. E com isso começaram na Europa, mais na área da Península Ibérica, no reisado. E nós a conhecemos como folia de reis. Usavam-se gaitas e guisos. Ela tenta representar essa viagem de forma simbólica.
Essa tradição veio ao Brasil graças a Companhia de Jesus, através das mãos dos jesuítas, de modo a catequizar os indígenas. Através dela, seria um modo de passar seus valores para os nativos da época. 
Sua origem ocorreu em 1223 mais ou menos, ou seja, início do século XIII. Esses festejos ocorrem, atualmente, desde de 25 de dezembro até 6 de janeiro.
A folia de reis é composta por muitas pessoas, possuindo destaque a banda. Podendo possuir sanfona, pandeiro, zabumba, violão, entre outros. Usados para criar as cantigas. 
Tem muitos versos antigos, que são passados de pai para filho, através do tempo. Mas o folião também tem que saber fazer as composições. Sua fonte de inspiração é sempre a Bíblia. Como por exemplo o relato da fuga de Maria, José e Jesus dos homens de Heródes. O ouro trazido até o Menino Jesus após seu nascimento na manjedoura, custeou a viagem da Sagrada Família para o Egito. Entregue por um dos Reis-Magos.
Reza a lenda, que quando desenrolaram um manto entregue por Maria ao voltarem para o Oriente, encontraram a imagem deles próprios. Ajoelhados a frente do Menino Jesus.
Os componentes podem mudar de região para região, mas três que sempre se mantêm são:
-Mestre, que é uma espécie de maestro, que conduz e compõe os cantigos, canta os versos principais. A maior responsabilidade de manter aquele grupo, seja na comunidade ou bairro, é do mestre;
-Bandeireiro, que carrega a bandeira do reisado, onde vai ter diversos santinhos colados nela. Ela é levada por todo o período de folia até o précepio e as casas dos moradores daquela região;
-Palhaço, é quem abre o evento. Ele utiliza uma máscara que é muito feia ou assustadora. Quase sempre, ao final da folia eles fazem brincadeiras com cantigas e rimas.
As cores das flores na bandeira também possuem significado:
branco representa São José;
azul representa Virgem Maria;
vermelho, o rei mago Balthazar;
verde, o rei mago Gaspar;
amarelo, o rei mago Melchior;
Mesmo não sendo só uma manifestação religiosa voltada para dança, preferi tratar aqui dela em especial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário