quarta-feira, 5 de julho de 2017

Prefeitos de Santa Isabel

Aqui tratarei de uma coisa que pouco falamos: prefeitos. Santa Isabel desde os tempos antigos até hoje. Mas nem todos foram tão marcantes quanto alguns. Aqui cito quatro deles. Não falo aqui que certa gestão é melhor ou pior do que outra. Só escrevo o que eles fizeram durante seu período de administração.
-Nenê Simão: Valdemar de Brito Simão, mais conhecido como Nenê Simão, isabelense, nascido em 15 de novembro de 1941. 
Ele era filho ex-prefeito, Joaquim Simão e de Jandira de Brito Simão. Nenê começou sua vida profissional auxiliando sua família no comércio. Depois disso já foi taxista e corretor de imóveis. Seu interesse pela política ocorreu depois que seu pai participou como vereador, presidente da câmara e o primeiro prefeito depois da era Vargas. Entre algumas de suas obras na cidade ele estão:

  • o primeiro Pronto Socorro Municipal;
  • instalou a UBS - Unidade Básica de Saúde I e II;
  • a concessão para transporte coletivo urbano municipal entre o Centro e diversos bairros na zona urbana e rural;
  • instalou o IRGD no município para expedição da Cédula de Identidade;
  • a criação da Biblioteca Municipal.
-Waldir José Cabral Saueia: Nascido em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, filho do libanês, Ide Saueia com a brasileira Eloah Cabral Saueia. Graduou-se na Universidade Mackenzie no curso de letras. Já ministrou aulas de inglês no Instituto Roosevelt de Idiomas.
Sua família veio para Santa Isabel, quando Ide adquiriu terras na cidade e instalou sua fábrica A Vencedora. Como Waldir era bom orador, e já acumulava certa fama por seu modo de se comunicar, foi convidado certa vez a saudar um desconhecido professor, que viria a se tornar o futuro presidente, Janio da Silva Quadros. Isso chamou a atenção de muitos políticos isabelenses. Conheceu figuras famosas figuras políticas do cenário nacional como Paulo Maluf. O que culminou com a construção de diversas obras e convênios graças ao governo estadual e federal.
Nas realizações durante seu governo podemos citar:
  • pavimentação do Jardim Heloisa Maria, Jardim Monte Serrat, 13 de Maio e Vila Guilherme;
  • construção de aquedutos para combater as enchentes em pontos críticos da cidade;
  • construção das escolas Laurentina Lorena Correa da Silva, Professora Maria das Graças Sales de Oliveira, José de Almeida Machado e diversas escolas rurais;
  • obras sociais como campanha de agasalho entre outros;
  • criou o Varejão.
-Artur José da Costa: Segundo prefeito de Santa Isabel, que sucedeu Benedito Vieira de Paula, em 1938. 
Entre uma de suas obras esta a construção da escadaria da Igreja Matriz Santa Isabel. Com a ajuda de um projetista, ele facilitou o acesso até paróquia para todos. Isso, visto que antes teriam que subir um morro muitas vezes para chegar mais rápido até o lugar. Em seu governo também foi começado o calçamento e melhoramento da Praça da Bandeira, pelas mãos do pedreiro Zezico da Lavinia. As laterais desse lugar foram revestidas com pedras chatas e unidas por massa de cimento que perduraram mais ou menos até 1945. Começaram a tomar outro aspecto devido as diversas reformas da localização.
-José Basílio de Alvarenga: Ele nasceu na cidade mineira de Silvianópolis, mas contribuiu muito com o desenvolvimento de Santa Isabel.
Graças a ele, a energia elétrica veio para Santa Isabel. Conhecido também como "Prefeito Estradeiro", foi responsável por mudanças na cidade, como a abertura de estradas que ligavam o Centro com os bairros afastados, que antes eram estradinhas estreitas e de difícil acesso. Ele conseguiu a verba necessária para captação de água potável que seria finalizada no governo do Prefeito João Pires Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário